Reconstrução Mamária-DIEP

O cancro da mama continua a ser um dos mais frequentes. Para a mulher não é apenas uma terrível enfermidade, mas, muito frequentemente, como parte do tratamento envolve a mastectomia e a extração da mama, a mulher ao enfrentar o cancro de mama enfrenta também a perda de um seio, ou seja, parte da sua feminilidade.
A reconstrução mamária significa muitas vezes, um passo essencial ao regresso da normalidade, não só se restitui um órgão perdido, mas que ajuda a recuperar a feminilidade e contribui para esquecer a terrível luta que teve de travar contra a enfermidade.
A reconstrução mamária não interfere nem no tratamento nem no controlo posterior do cancro de mama, prova disso, é que são cada vez mais os oncologistas que a recomendam.
O objetivo do cirurgião é criar um novo peito, o mais parecido possível com uma mama natural. Para isso, ao longo dos anos e à medida que foram avançando as técnicas cirúrgicas e os conhecimentos anatómicos, foram aparecendo técnicas que permitem reconstruções de maior qualidade e mais fisiológicas.
A eleição da técnica mais apropriada depende das características próprias da doença e de cada paciente. Quando se pode aplicar mais do que uma, o paciente e o cirurgião decidem em conjunto depois de conhecerem as limitações, vantagens e perigos de cada uma das técnicas.

O QUE É UM DIEP?
DIEP é a técnica microcirúrgica mais avançada de reconstrução mamária, que permite utilizar unicamente a pele e a gordura do abdómen, sem lesionar nenhum músculo e sem utilizar nenhum material estranho para o corpo humano (implantes mamários).
A técnica consiste em aproveitar o excesso de pele e a gordura do abdómen, que pelas suas características físicas de cor, grossura e textura, são as mais idóneas para se poder criar uma nova mama.

UM PASSO À FRENTE
A maioia das pacientes mastectomizadas pode optar por este tipo de reconstrução, significando um grande passo em frente na luta contra as sequelas do tratamento do cancro da mama.
É o método mais utilizado nos centros hospitalares de maior prestigio do mundo.

Tem dúvidas? Deixe-nos o seu contacto