Rosácea

A Rosácea é uma doença vascular inflamatória cutânea que provoca vermelhidão e borbulhas no rosto. Esta doença surge, normalmente, em adultos na faixa etária entre os 30 e 50 anos, sendo mais frequente nas mulheres. No entanto, a forma mais grave da patologia é comummente encontrada nos homens.

Na fase inicial desta doença, que afeta sobretudo a zona central da face, surge apenas uma ligeira vermelhidão que se vai tornando mais persistente com o passar do tempo.

Este agravamento pode acontecer espontaneamente ou pela ação de diversos fatores, como por exemplo: luz solar, calor, frio, vento, álcool ou ingestão de alimentos quentes e/ou condimentados.

Em poucos meses esta condição pode tornar-se permanente e denota-se através da formação de telangiectasias e borbulhas. Estas lesões inflamatórias diferenciam-se das provocadas pela acne, pela ausência de pontos pretos e de borbulhas grandes e dolorosas.

Nas formas mais graves, a pele fica mais espessa e aparecem nódulos inflamatórios que aumentam o tamanho do nariz, deixando-o com um aspeto disforme e bulboso. Estes sintomas caracterizam a rinofima, uma complicação que afecta mais os homens.

Em 50% dos casos, pode surgir a rosácea ocular, com sintomas semelhantes aos da conjuntivite com sensação de corpo estranho, ardor, sinais de olho vermelho e envolvimento do bordo palpebral.

O diagnóstico é essencial. Se possuir sintomas, (vermelhidão, pequenos vasos sanguíneos avermelhados e dilatados, pequenas lesões cutâneas salientes e circunscritas, acompanhadas ou não de pus), deverá consultar quanto antes um dermatologista.

O diagnóstico precoce, o início do tratamento e os cuidados necessários, incluindo a aplicação de produtos adequados são importantíssimos.

Como atenuar a vermelhidão?

  • Utilize técnicas de arrefecimento, como colocar uma pedra de gelo na boca ou refrescar a face com uma toalha (húmida);
  • Use maquilhagem adequada para camuflar o excesso de vermelhidão (contendo pigmento verde), se assim entender.

A Rosácea, normalmente, responde de forma satisfatória ao tratamento, mas a melhoria é gradual e requer paciência e perseverança.

O cumprimento do plano de tratamento por parte do doente tem um papel importante no controle tratamento da doença. Em muitos casos, o tratamento médico não chega. É necessário outros cuidados específicos como Laser, limpeza de pele para peles sensíveis e reactivas.

Conselhos úteis:

  • Utilizar água morna na lavagem da face;
  • Recorrer a produtos de limpeza suave com elevado teor de água;
  • Usar maquilhagem não gordurosa;
  • Não consumir alimentos muito condimentados ou ingerir bebidas alcoólicas;
  • Aplicar protector solar diariamente.

Tem dúvidas? Deixe-nos o seu contacto