Tem dúvidas? Deixe-nos o seu contacto

Programa Alô Portugal - Varizes e derrames

As varizes e os derrames – Programa Alô Portugal

Foi no passado dia 8 de Março, que a Dra. Alexandra Osório esteve presente no programa Alô Portugal na SIC para falar sobre as varizes e os derrames, bem como, embelezamento de pernas. Teve oportunidade de ver? Reveja a conversa aqui.

 As Varizes e os derrames

As varizes são veias onde o sangue venoso volta para o coração. Estas podem ser tortuosas, salientes, dilatadas e superficiais. Por sua vez, os derrames ou telangiectasias são vasos sanguíneos finos com um tom arroxeado ou azulado. Apesar de as varizes também afetarem a população masculina, na grande maioria dos casos são mais comuns nas mulheres.

Causas

As causas das varizes podem pausar pela genética porque pode existir um padrão familiar em que a estrutura do vaso não está completamente formada. E por isso mesmo existem sistemas valvulados. Do mesmo modo, que também se pensa que pode estar relacionado com fatores comportamentais (longas horas em pé ou sentado, falta de exercício físico, excesso de peso, etc.)

Sintomas

  • Ardor
  • Comichão
  • Dor local
  • Sensação de pernas cansadas

Onde surgem?

As varizes e os derrames podem surgir em distintas partes do corpo como é o caso das costas, abdômen, membros superiores, etc. Contudo, na grande maioria das vezes, estas aparecem nos membros inferiores, ou seja, nas pernas. Podendo até aparecer em apenas uma perna ou nas duas. A grande maioria das varizes são da dependência da veia grande safena.

A safena é uma veia que se estende da parte interna do tornozelo até a virilha. Nomeadamente, a safena externa está atrás da papiliteia e a safena interna encontra-se na zona interna da perna.

” A partir daí vêm vasos da superfície da pele e vasos das partes laterais da pele. Por sua vez, o sistema profundo que circula no meio das pernas, no meio dos vasos”.

Tratamento

“Só podemos tratar a parte externa, isto é, realizar o embelezamento depois de tratarmos internamente. Para tal, antes de mais nada, vamos realizar o Eco-doppler dos membros inferiores da área venosa”.

Assim sendo, depois de realizar o teste (Eco-doppler) colocamos a anestesia e esperamos 20 minutos. Posteriormente, para as veias esverdeadas ou azuladas vamos recorrer a escleroterapia. Em que, vamos injetar uma solução diretamente na veia, permitindo que mais tarde, o sangue circule por outras veias mais saudáveis.

Por sua vez, nas veias mais superficiais vamos usar o laser que tem uma taxa de 90% de resultados.

“O laser vai transmitir energia para dentro do vaso e o glóbulo vermelho capta essa energia e depois espalha para as paredes do vaso”. Todo o processo é indolor.

Recomendações da Dra. Alexandra:

Depois de realizar o tratamento, evite:

  1. Praticar exercício físico durante os 4 dias seguintes;
  2. Pressionar a zona tratada;
  3. Andar por um longo período de tempo.

Em vez disso, o que deve fazer é:

  • Usar meias de descanso 70 DEN (estas meias ajudam apertando a zona e com a flacidez da pele);
  • E acabar o banho com água fria.

Acompanhe todas as novidades e os nossos tratamentos no nosso blog, ou nas redes sociais Facebook e Instagram!

 

 

 

Comentar