Tem dúvidas? Deixe-nos o seu contacto

Fotodermage, o tratamento certo para a acne

A acne é uma doença bastante comum que afeta 85 a 100% da população em qualquer momento da sua vida. É importante não esquecer que isto não atinge apenas os adolescentes. Embora não seja algo grave pode ter um impacto psicológico importante. Pode diminuir a auto estima e levar ao afastamento social ou até mesmo à depressão.

Em que consiste o tratamento?

Esta doença origina-se quando os folículos pilosos apresentam excesso de gordura e células da pele mortas. Se não for tratada, a acne pode originar cicatrizes inestéticas ou desfigurantes, mais complicadas de tratar.
Alguns tratamentos mais tradicionais de anti acne podem provocar efeitos secundários desconfortáveis. O mais comum é a pele irritada, vermelhões e o descamar devido a aplicações de pomadas.

Para quem não responde a terapias habituais ou que não querem um tratamento sistémico, a Fotodermage Antiacne é a mais indicada.

O tratamento é normalmente constituído por 16 sessões, duas por semana. Para além disso, recomenda-se 2 a 6 sessões transcorridos 6 meses do tratamento inicial.

A Fotodermage Antiacne destrói e impede a multiplicação da bactéria que origina o acne com a emissão de uma luz não coerente. Sem qualquer contra-indicação obtêm-se resultados excelentes em pouco tempo. É possível notar que a pele readquire uma textura suave, recuperando o seu equilíbrio.

Esta terapia pode ser instituída em casa e não provoca qualquer tipo de irritação cutânea, foto-sensibilidade ou dor. Não é necessária medicação antibiótica e não interfere com a vida do paciente.

No entanto, o doente deve manter os cuidados de higiene habituais prescritos pelo dermatologista.
A duração do tratamento pode ser até três vezes inferior à dos métodos tradicionais e é a única terapia que previne o aparecimento de cicatrizes. Esta é, sem dúvida, a tecnologia mais avançada que existe na medicina estética, ao serviço dos tratamentos dermatológicos.

Marque já a sua avaliação na Clínica Dermage. Contacte-nos!

Comentar