Tem dúvidas? Deixe-nos o seu contacto

Ginecologia Estética Funcional, será que sabe o que é?

Teve oportunidade de ver a Dra. Alexandra Osório na Sic a falar sobre este tema? Foi no passado dia 6 de março, no programa Alô Portugal, que Alexandra nos falou um pouco sobre ginecologia estética funcional.

Veja o programa completo aqui.

Afinal o que significa ginecologia estética funcional? Esta solução é fruto da junção do estudo da ginecologia com a dermatologia, em que o principal objetivo é melhorar a anatomia e funcionalidade da área genital.

São aplicados um conjunto de procedimentos para a reconstrução ginecológica através de cirurgia estética com laser. Este tratamento pode ser aplicado em mulheres de qualquer idade.

Ginecologia Estética Funcional: em que situações se aplica este tratamento?

Existem várias situações que causam desconforto às mulheres e que são facilmente resolvidas com uma pequena cirurgia, devolvendo a qualidade de vida à mulher, rapidamente.

Neste artigo concentramo-nos em três situações que geram a necessidade de recorrer a este tratamento.

  • Tamanho anormal dos lábios vaginais

Algumas mulheres nascem com uma anatomia fora do comum. Por exemplo, quando os pequenos lábios são maiores que os grandes lábios, causando desconforto ao vestir determinadas roupas, na relação sexual, ao praticar certos desportos ou até mesmo causando dor ao sentar. A auto-estima também é afetada, uma vez que se nota visualmente.

Este caso resolve-se muito bem com uma pequena cirurgia e, sendo esta uma zona que cicatriza muito bem, uma semana costuma ser o suficiente para cicatrizar.

  • Cancros ginecológicos e mamários

Na DermAge preocupamo-nos em devolver a qualidade de vida dos doentes oncológicos, pelo que muitos dos nossos tratamentos são pensados e dedicados a esse objetivo.

As mulheres que foram submetidas a radioterapia e a quimioterapia tendem a ter uma menopausa precoce, o que lhes traz várias consequências, nomeadamente a secura vaginal. As glândulas deixam de produzir a lubrificação natural da mulher, dificultando a penetração no ato sexual e reduzindo consideravelmente o seu desejo sexual.

Portanto, para mulheres entre os 30 e os 40 anos, que fizeram quimioterapia ou radioterapia e que tiveram o seu útero e ovários retirados, podem melhorar a sua vida sexual através de laser e radiofrequência, melhorando também a qualidade do seu canal vaginal.

  • Mulheres que tiveram vários filhos

Para as mulheres que já tiveram vários partos ou até, no período imediatamente após o parto, existe secura vaginal, que é facilmente corrigida com uma infiltração de ácido hialurónico.

O tratamento a laser também pode ser aplicado em senhoras que estão na menopausa, a fim de promover a ativação de colágeno.

Como funciona o tratamento?

Existem dois tipos de laser aplicados no interior da vagina, que não causam qualquer tipo de dor.

De uma forma simples e resumida, este tratamento transforma a pele da vagina, devolvendo-lhe a sua espessura e estimulando a produção do muco.

Normalmente, o problema é resolvido com apenas 4 tratamentos consecutivos, dependendo do envelhecimento da vagina, da mulher e da situação em si.

Além do tratamento, existe uma solução complementar: lubrificante de aveia. Este produto faz maravilhas. Deve ser aplicado dentro da vagina, de manhã e à noite para manter a hidratação. Pode ser também utilizado antes do ato sexual para ajudar na relação.

Benefícios:

  • Devolver o conforto à mulher
  • Melhorar a qualidade sexual
  • Melhorar a funcionalidade da sexualidade
  • Volta a ter secreção
  • Devolver a auto-estima e confiança da mulher
  • Diminuição das infeções vaginais

Se enfrenta um destes problemas diariamente não espere mais. Venha ter connosco e confie em quem sabe. Volte a sentir-se uma mulher confiante!

https://dermage.pt/

Comentar