A Relação Entre a Pílula e o Acne

entrevista

A acne é uma condição que a maioria das pessoas experiência a certo ponto das suas vidas. Acima de tudo, as causas são várias, sendo que as alterações hormonais, frequentemente é a principal causa. As hormonas que estão particularmente associadas ao desenvolvimento da acne denominam-se androgénios. Nesse sentido, estas aumentam a produção de sebo, o que consequentemente, pode fazer com que a pele se torne oleosa, quando presentes em elevadas quantidades.

Outras causas do acne

No entanto, há outros componentes não menos importantes tais como:

  • Há uma hipertrofia da epiderme – a pele fica mais grossa, bem como, irregular, o óstio do poro fica mais apertado ou mesmo obstruído;
  • A glândula sebácea fica hipertrofiada, não so pela estimulação dos androgeneos como também pelo facto do sebo ter um défice de uma enzima especifica – a lípase – que na falta dela torna o sebo mais compacto e obstrói o poro e não sai para a superfície da pele o filme hidrolipídico mas sim – dando forma a um quisto ou uma borbulha infectada;
  • O crescimento da glândula para os lados, estimula o sistema imunitário – surge um processo inflamatório, com a chegada dos glóbulos brancos e há a proliferação do propiobacterium acnes.

O excesso de oleosidade na pele pode fazer com que os poros fiquem obstruídos e como resultado desenvolve-se a acne. Na adolescência, a produção de certas hormonas começa a aumentar e é neste período que ocorre frequentemente este problema. As pessoas afetadas durante a adolescência geralmente experienciam esta condição na idade adulta. De tal forma que, isto pode resultar em níveis baixos de autoconfiança e autoestima.

A acne hormonal nas mulheres adultas piora normalmente em certos pontos do seu ciclo menstrual devido aos níveis hormonais flutuantes, um resultado das alterações do ciclo. Mas também porque não tem os cuidados básicos adequados ao tipo de pele — exemplo: maquilhagem, limpeza e hidratação.

Há estudos que têm demonstrado que ajustar os níveis hormonais pode ter um efeito benéfico na pele afetada pela acne. A pílula contracetiva tem esta função, e como tal, pode ser usada para diminuir os efeitos da acne. Mas atenção, não trata o acne. O acne não se trata com monoterapia!!

O que é que a pílula pode fazer para impedir a acne?

A pílula combinada contém duas hormonas femininas, o estrogénio e a progesterona sintéticos, que funcionam no corpo para prevenir a gravidez. Com isto, a pílula regula as hormonas femininas e torna-as mais estáveis durante o ciclo. O que significa que os níveis hormonais não variam tanto e é menos provável que se desenvolva a acne.

A pílula pode causar acne?

A pílula combinada não está geralmente associada ao desenvolvimento de acne. Porém, existem outras opções de pílula que são melhores para reduzir ou a tratar a acne. Se tem acne e acha que a sua pílula atual não está a produzir os resultados esperados, aconselhamos que discuta este assunto com a sua médica. Deste modo, a mesma vai ajudá-la a determinar se uma pílula alternativa é o aconselhado.

Siga o nosso trabalho através das nossas redes sociais Facebook, e Instagram e explore o nosso blog para ficar a par de tudo!

Partilhar